Grande Guerra Turca

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Grande Guerra Turca foi uma série de conflitos entre o Império Otomano e as forças da Europa daquele tempo (unidas em uma Liga Santa) durante a segunda metade do século XVII. Ela marcou o fim da incursão otomana na Europa.

16671683[editar | editar código-fonte]

Sultão Mehmed IV

Depois da revolta de Bohdan Chmielnicki, quando a Rússia tomou da República das Duas Nações a parte oriental da Ucrânia, alguns cossacos permaneceram no sul e leste da República. Seu líder, Petro Doroshenko, queria juntar o restante da Ucrânia com o Império Otomano, iniciando uma rebelião contra o hetman (comandante do exército polonês) Jan Sobieski. O Sultão Mohamed IV, que sabia que a República das Duas Nações estava enfraquecida devido a conflitos internos, atacou Kamieniec Podolski, uma grande cidade na fronteira. Um pequeno exército polonês foi derrotado por um grande exército otomano. Os poloneses concordaram em entregar Kamieniec Podolski, a região adjacente e a pagar tributo ao sultão otomano.

Quando a notícia sobre a derrota e os termos do acordo chegou a Varsóvia, a Sejm recusou-se a pagar o tributo. Resolveu então a Sejm organizar um grande exército sob o comando de Jan Sobieski, que ganhou uma batalha próximo a Chocim em 1673 sem, contudo conseguir reconquistar Kamieniec Podolski. Mas, após a morte do Rei Miguel em 1674, Jan Sobieski foi eleito rei da Polônia.

Guerra da Santa Liga (16831699)[editar | editar código-fonte]

Jan III Sobieski

Após uns poucos anos de paz, o Império Otomano atacou o Império Habsburgo. Os turcos quase capturaram Viena, mas Jan III Sobieski chefiou uma aliança cristã que os derrotou. A Batalha de Viena encerrou com a hegemonia do Império Otomano na Europa Oriental.

Uma nova Santa Liga foi iniciada pelo Papa Inocêncio XI e composta do Sacro Império Romano-Germânico (liderada pela Áustria Habsburgo), a República de Veneza e a Polônia em 1684. Em 1686 o Império Russo também veio a juntar-se a ela.

A Santa Liga também combateu o Império Otomano na segunda Batalha de Mohács (1687). O envolvimento russo marcou o início das Guerras russo-turcas.

A Liga ganhou a guerra em 1699 e forçou o Império Otomano a assinar o Tratado de Karlowitz.

Jan III Sobieski morreu em 1697. O Império Otomano devolveu Kamieniec Podolski em 1699.