Reino da Hungria (1526–1867)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Hungria Real era o nome da parte do Reino da Hungria medieval, onde os Habsburgos foram reconhecidos como reis da Hungria[1] , na sequência da vitória otomana na batalha de Mohács (1526) e da subsequente partição do país.

Outras partes do país foram divididas como o território central, que foi ocupado pelo Império Otomano (ver: Hungria otomana) e o Reino da Hungria Oriental, a leste, que mais tarde tornou-se o Principado da Transilvânia.

Reis Habsburgos[editar | editar código-fonte]

Central europe 1572.png
Hungria Real, Principado da Transilvânia e Hungria otomana a cerca de 1683.

Os Habsburgos, uma dinastia influentes do Sacro Império Romano foram eleitos reis da Hungria [2] [3] [4] e fizeram um juramento sobre a Constituição do Reino da Hungria na coroação. [carece de fontes?]. Após a conquista dos Habsburgos da Hungria otomana, o termo Hungria Real caiu em desuso. [carece de fontes?], e os imperadores dirigiram sua posse com a denominação de "Reino da Hungria." [carece de fontes?].

A Hungria Real tornou-se uma pequena parte do Império Habsburgo e gozava de pouca influência, em Viena.[5] O Rei Habsburgo controlava diretamente os assuntos financeiros, militares e estrangeiros da Hungria Real, e as tropas imperiais guardavam suas fronteiras.[5] Os Habsburgos evitavam preencher os cargos públicos com palatinos para impedir que o titular acumulasse muito poder.[5] Além disso, a chamada "questão turca" dividiu os Habsburgos e os húngaros: Viena queria manter a paz com os otomanos, os húngaros queriam os otomanos depostos. Como os húngaros reconheciam a debilidade de sua posição, muitos se tornaram anti-Habsburgos.[5] Eles reclamaram dominação estrangeira, o comportamento das guarnições estrangeiras, e do reconhecimento dos Habsburgos da soberania turca na Transilvânia. Os protestantes, que foram perseguidos na Hungria Real. [5] , consideravam a Contra-Reforma, uma ameaça maior do que os turcos, no entanto.

A rápida propagação da Reforma Protestante, e início do século XVII dificilmente as famílias nobres permaneceram católicas .[6] O Arcebispo Péter Pázmány reorganizou a Igreja Católica na Hungria Real e liderou uma Contra-Reforma, que inverteu os ganhos protestantes na Hungria Real, utilizando a persuasão, em vez da intimidação [6] . A Reforma causou divisões entre os católicos, que muitas vezes ficaram ao lado dos Habsburgos[6] , e protestantes, que desenvolveram uma forte identidade nacional e tornaram-se rebeldes nos olhos austríacos[6] . Uma separação também desenvolveu-se principalmente entre os magnatas católicos e protestantes, principalmente os nobres menores[6] .

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. "(...) the Estates of the realm have submitted themselves not only to His Majesty's, but also his heirs' power and rule for ever (...)" (Section 5 of Article V of 1547).
  2. David J. Sturdy (2002). Fractured Europe, 1600-1721 Wiley-Blackwell [S.l.] p. 17. ISBN 0631205136, 9780631205135 Verifique |isbn= (Ajuda). Consultado em 2009-04-12.  |pages= e |page= redundantes (Ajuda)
  3. Peter George Wallace (2004). The long European Reformation: religion, political conflict, and the search for conformity, 1350-1750 Palgrave Macmillan [S.l.] p. 102. ISBN 0333644506, 9780333644508 Verifique |isbn= (Ajuda). Consultado em 2009-04-12.  |pages= e |page= redundantes (Ajuda)
  4. Peter N. Stearns, William Leonard Langer (2001). [[Encyclopedia of World History|The Encyclopedia of world history: ancient, medieval, and modern, chronologically arranged]] Houghton Mifflin [S.l.] p. 309. ISBN 0395652375, 9780395652374 Verifique |isbn= (Ajuda). Consultado em 2009-04-12.  |pages= e |page= redundantes (Ajuda); Ligação wiki dentro do título da URL (Ajuda)
  5. a b c d e «A Country Study: Hungary: Royal Hungary». United States federal government. 1989. Consultado em 2009.04.12..  |nome1= sem |sobrenome1= em Authors list (Ajuda)
  6. a b c d e «A Country Study: Hungary: Partition of Hungary». United States federal government. 1989. Consultado em 2009.04.12..  |nome1= sem |sobrenome1= em Authors list (Ajuda)

Este artigo contém material da Biblioteca do Congresso, que são publicações do governo dos Estados Unidos no domínio público.