Veni, vidi, vici

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Veni, vidi, vici (latim clássico [ˈweːniː ˈwiːdiː ˈwiːkiː]; traduzido para a língua portuguesa como "Vim, vi, venci") é uma frase em latim supostamente proferida pelo general e cônsul romano Júlio César em 47 a.C.. César utilizou a frase numa mensagem ao senado romano descrevendo sua recente vitória sobre Fárnaces II do Ponto na Batalha de Zela.[1] A frase serviu tanto para proclamar seu feito, como também para alertar os senadores de seu poder militar (Roma passava por uma guerra civil).

A frase é usada para se referir a uma rápida e indiscutível vitória. Variações da frase são frequentemente citadas e usadas na música, literatura e entretenimento.

Desde o tempo de César, a frase tem sido usada em contextos militares, como a alusão feita no século XVII pelo rei João III da Polônia que, após a Batalha de Viena, proferiu "Venimus, vidimus, deus vicit"[2] ("Viemos, vimos, deus venceu").

Uso na cultura popular[editar | editar código-fonte]

  • A empresa multinacional norte-americana Apple Inc. deu aos participantes de uma conferência, uma camisa com a frase Veni. Vidi. Codi. — "Vim. Vi. Codifiquei."
  • "Veni Vidi Vici" também pode ser encontrada no brasão de armas da Philip Morris International, produtora dos famosos cigarros Marlboro.
  • No romance Jingo de Terry Pratchett, o personagem Samuel Vimes especula outras frases (Veni, vermini, vomui e Visi, veneri, vamoosi)
  • No livro Discworld, o personagem Havelock Vetinari, profere a frase "Veni, vidi, Vetinari".
  • No piloto original da série inglesa The Black Adder, o listel do brasão da família contém o lema "Veni Vidi Castratavi Illegitimos", ou seja, "Vim, vi, castrei os bastardos"
  • No livro Ender's Game, de Orson Scott Card, o Capítulo 11 se chama Veni Vidi Vici.
  • Em Sid Meier's Civilization V, um jogo de computador, a conquista "Veni Vidi Vici" é dada aos jogadores que ganharem uma partida como Júlio César
  • O software DreaMule, versão alternativa do Emule, utiliza a frase como uma espécie de slogan.
  • No jogo Assassins Creed II, a sequência final em que o herói derrota Rodrigo Bórgia (papa Alexandre VI) recebe o nome de "Veni, Vidi, Vici".
  • No jogo VVVVVV, há uma parte opcional em que o jogador precisa completar 5 niveis em sequencia (ir e voltar) sem morrer para ganhar. Dentro desses 5 níveis, 3 deles tem o nome de "Vini", "Vidi" e "Vici!". Ironicamente, essa é uma das partes mais difíceis do jogo.
  • No jogo Crusader Kings II o personagem diz "Veni.Vidi.Vici." quando consegue terminar uma sedução.

Televisão[editar | editar código-fonte]

  • A mídia utiliza a frase de várias maneiras, como no desenho cômico Asterix e Obelix, no qual há as frases "Vim, vi e não acredito no que vejo" (dita pelo próprio César) e "Vim, vi e perdi".
  • O seriado infantil Doug, utiliza o termo como mágico. As três palavras são bastante similares, o que soa como mágico.
  • Em House, M.D. na última fala do episódio "Needle in a Haystack - 2 de junho de 2007" em que Greg House (Hugh Laurie) luta pelo seu lugar no estacionamento, numa conversa sobre o "ar de culpa" de Cuddy com Wilson diz: "That space is mine! Veni, vidi, vici" ("Aquela vaga é minha! Vim, vi e venci.").
  • Na serie Bones da rede Fox o agente especial do FBI Seeley Booth (David Boreanaz) pronuncia a frase Veni, vidi, vici em um dos episódio da 4ª temporada.
  • Na serie Everybody hates Chris, Todo mundo odeia o Chris, no episódio Everybody hates the substitute, o professor substituto (Orlando Jones) escreve no quadro negro a frase "Veni, vidi, vici".
  • No seriado Person of Interest,[3] ela é usada por um professor depois de se revelar ser Elias (futuro chefão supremo do crime em Nova Iorque) após a "reviravolta" do episódio.
  • No seriado O Mentalista,[4] no episódio Black Hearts, o assassino interpretado por Anthony Tremmel, possui em seu braço esquerdo, uma tatuagem em caixa alta escrito "veni vidi vici", que aparece em 14:44.

Música[editar | editar código-fonte]

  • Devido ao significado impactante da frase, diversos artistas compuseram músicas com esse mesmo nome, como:
    • A cantora Madonna possui uma música chamada Veni Vidi Vici, que está em seu álbum Rebel Heart.
    • O rapper brasileiro Jax compôs 6 músicas com o nome "Veni, Vidi, Vici", com tema inspirado no falecido Aziz Shavershian, conhecido como Zyzz.
    • A dupla de Djs Vini Vici possui uma música com o nome Veni Vidi Vici.
    • O rapper coreano Zico do grupo Block B possui uma música chamada Veni Vidi Vici.
    • Virgin Steele, uma banda dos Estados Unidos, possui uma canção chamada "Veni Vidi Vici" no seu álbum Invictus.
    • A banda Black Lips de Atlanta, Georgia, têm uma música chamada "Veni, Vidi, Vici" do álbum de 2007, "Good Bad Not Evil".
    • A cantora Alizée possui uma canção chamada Veni Vidi Vici.
    • O DJ/produtor Vini Vici possui uma música chamada "Veni Vidi Vici" no seu álbum "Future Classics".
  • Na música Ninguém Paga Minha$ Conta$ do grupo ConeCrew Diretoria, no fim do segundo trecho cantado pelo rapper Cert possui o seguinte verso: "[...] vim vi e venci "Veni Vidi Vici"
  • Na canção Adam's Song do grupo Blink-182, a segunda estrofe começa com "I never conquered, rarely came" (Eu nunca venci, raramente vim).
  • Na canção "Encore", do cantor estadunidense Jay-Z há um trecho em que ele canta I came, I saw, I conquered (Vim, vi, conquistei).
  • Na canção, "Get Back" do cantor estadunidense Ludacris, ele diz: I came, I saw, I hit him right there in the jaw (Vim, vi, acertei-lhe o queixo).
  • A canção título do musical da Broadway, Mame contém o trecho: "You came, you saw, you conquered | And absolutely nothing is the same" (Vieste, viste, conquistaste | e absolutamente nada é o mesmo)
  • "You Came, You Saw, You Conquered" também é título de uma música de Phil Spector, Irvin Levine, & Toni Wine.
  • "Beware! Criminal" da banda Incubus possui o refrão "you came, you saw, you conquered..."
  • O primeiro álbum de Ja Rule se chama Venni Vetti Vecci, uma brincadeira com a frase original.
  • A banda de Eurodance "Imperio" também possui uma música chamada Veni vidi vici
  • A sigla V3 do grupo V3 significa "Veni,Vidi, Vici".
  • A cantora Zélia Duncan, na música "Vi, não vivi" diz: "Nem com os olhos comi. Nem "veni", nem "vidi" nem "vici".
  • A música "Qual é" de Marcelo D2, ele canta: "Mas sem esse câo de que ta ruim, não dá, isso eu já vi, vivi, venci, deixa prá lá".
  • A canção Play For Keeps do rapper americano B.o.B há uma menção no trecho "Veni, vidi, vici, I came, I saw, I conquered" (Veni, vidi, vici, eu vim, eu vi, eu conquistei)

Outros usos populares[editar | editar código-fonte]

  • O piloto de formula 1 Lewis Hamilton, após vencer o campeonato mundial de 2008 numa disputa apertada que acabou no Brasil, proferiu a frase "veni, vidi, vici" em inglês, sua língua natal.

Referências

  1. «Vidas Paralelas, Vida de César». Plutarco 
  2. Pozzuoli (1698). Lettere memorabili, istoriche, politiche, ed erudite raccolte da Antonio Bulifon. 1. [S.l.: s.n.] p. 177 
  3. «TV Review: Person of Interest, 1.7 - "Witness"». What Culture. Consultado em 10 de Maio de 2016 
  4. «Brown Eyed Girls"». The Mentalist Wiki. Consultado em 27 de abril de 2014