Cornélia Cinila

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde dezembro de 2012). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Disambig grey.svg Nota: Para outras pessoas de mesmo nome, veja Cornelia.
Cornélia Cinila
Nascimento 94 a.C.
Morte 69 a.C. (25 anos)

Cornélia Cinila (em latim: Cornelia Cinnila; 94 a.C.69 a.C.) era filha do cônsul romano Lúcio Cornélio Cina. Foi casada com Júlio César, com quem teve uma filha, Júlia, a única filha legítima de Júlio César, nascida em 82 ou 83 a.C.

Quando o ditador Lúcio Cornélio Sula ordenou a César que repudiasse sua mulher, este recusou-se, e conseguiu evitar represálias graças à intervenção de alguns amigos influentes, ligados ao partido dos optimates.

Cornélia faleceu em 69 a.C., com cerca de 25 anos, ao dar à luz um menino nati-morto. Sua laudatio funebris foi pronunciada pelo marido, César.


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.