Liga das Moças Alemãs

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Adolescentes da Bund Deutscher Mädel (Liga das Moças Alemãs) e da Hitlerjugend (Juventude Hitlerista) em Tianjin, na China, em 1935
Moças da BdM e meninos da Juventude Hitlerista na noite de 23 de junho (Véspera de São João) de 1933
Benito Mussolini recebendo um bouquet de uma moça da Bund Deutscher Mädel (Liga das Moças Alemãs) durante o Acordo de Munique, ao lado de Hitler e Göring

Liga das Moças Alemãs (em alemão: Bund Deutscher Mädel (BdM)) ou Liga das Jovens Alemãs, foi uma organização de jovens na Alemanha Nazista para moças com idade entre 14 e 18 anos, e foi o equivalente feminino da Juventude Hitlerista. As jovens aprendiam os deveres da maternidade e os afazeres domésticos. Na Alemanha Nazista, dava-se atenção ao fato de que o principal papel das mulheres eram gerarem filhos sadios, propagando a "raça ariana".[1]

Aos 18 anos as moças da BdM prestavam um ano de serviço nas fazendas – as Landjahr. Sua tarefa consistia em ajudar em casa e no campo: as moças viviam em chácaras ou em pequenos acampamentos nos distritos rurais, onde eram apanhadas por caminhões no início da manhã e levadas às fazendas.[1]

Fotos

Postos de chefia

  • Jutta Rüdiger[3] ingressou na Liga das Moças Alemãs em 1933, aos 23 anos, depois de terminar seu doutorado em psicologia. Em junho de 1935 foi promovida a sua primeira posição assalariada (líder do Untergau Ruhr-Niederrhein). Em novembro de 1937, aos 27 anos, foi nomeada Reichsreferentin da Liga das Moças Alemãs, sucedendo Trude Mohr e mantendo-se no posto até 1945, aos 34 anos.

Graduação e insignias[4]

1939-1943
  1. Reichsreferentin
  2. Obergauführerin
  3. Gauführerin
  4. Untergauführerin
  5. Mädelringführerin
  6. Mädelgruppenführerin
  7. Mädelscharführerin
  8. Mädelschaftsführerin
1. Reichsreferentin; 2. Obergauführerin; 3. Gauführerin; 4. Untergauführerin;
5. Gauführerin; 6. Untergaufüherin; 7. Ringführerin; 8. Gruppenführerin
1943-1945
  1. Reichsreferentin
  2. Gebietsmädelführerin
  3. Hauptmädelführerin
  4. Bannmädelführerin
  5. Mädelringführerin
  6. Mädelhauptgruppenführerin
  7. Mädelgruppenführerin
  8. Mädelscharführerin
  9. Mädelschaftsführerin

Exemplos de bandeiras da Bund Deutscher Mädel (BdM)

Ver também

Bibliografia

  • "Juventude Hitlerista", Susan Campbell Bartoletti.
  • "Berlim 1945: A Queda", Antony Beevor.
  • "A menina que roubava livros", Markus Zusak.

Referências