Linha Foch

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Várias propostas para a linha de demarcação da fronteira polaco-lituana após a I Guerra Mundial. A Linha Foch está em cor verde escura, a fronteira atual em cor de rosa.

A linha Foch foi uma linha de demarcação temporária entre a Polónia e a Lituânia proposta pela Tríplice Entente na sequência da I Guerra Mundial. A linha foi proposta pelo Marechal de França Ferdinand Foch e foi aceite pela Conferência de Embaixadores em 1919. Com pelquenas alterações serviria como base para a fronteira polaco-lituana no período entre-guerras. A linha deixava Vilnius (Wilno) do lado da Polónia.[1] Após a II Guerra Mundial só a parte mais ocidental, perto da localidade de Suwałki, segue a linha original.

Referências

  1. Senn, Alfred Erich (1966). The Great Powers Lithuania and the Vilna Question: 1920-1928. [S.l.]: E.J. Brill. 20 páginas 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]