Linha do universo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Linha do universo é o caminho de um objeto no espaço-tempo 4-dimensional, rastreando a história de sua localização no espaço em cada instante no tempo. É um conceito importante na física moderna e particularmente na física teórica.[1]

O conceito de "linha do universo" distingue-se de conceitos como uma "órbita" ou uma "trajetória" (por exemplo, a órbita de um planeta no espaço ou a trajetória de um carro em uma estrada) pela dimensão temporal e tipicamente engloba uma grande área do espaço-tempo em que caminhos perceptualmente retos são recalculados para mostrar seus estados de posição (relativamente) mais absolutos - para revelar a natureza da relatividade especial ou interações gravitacionais.[2]

A ideia de linhas do Universo tem origem na física e foi apresentada por Hermann Minkowski. O termo é agora mais frequentemente usado em teorias de relatividade (isto é, relatividade especial e na relatividade geral).

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. F. Reese Harvey (1990) Spinors and calibrations, pages 62,3, Academic Press, ISBN 0-12-329650-1
  2. C. H. Hinton (1884) What is the fourth dimension, Scientific Romances, link from Internet Archive

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre física é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.