Logical Volume Manager (Linux)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

LVM é um acrónimo para a expressão inglesa Logical Volume Management, que designa um padrão de gerenciamento de partições em discos IDE/SCSI/FC. Foi desenvolvido inicialmente pela IBM, seguindo-se outras empresa e instituições, como HP e a Open Group.

Ao contrário do método tradicional de particionamento, a implementação LVM cria um grande disco virtual, que pode inclusive ter mais de um dispositivo de armazenamento (), e divide em partições virtuais. A grande vantagem é permitir o redimensionamento das áreas de modo dinâmico, ou seja, com o sistema operacional sendo utilizado.

A grande desvantagem é que por ser um único disco virtual, a recuperação de dados em uma eventual pane no sistema de armazenamento é bastante prejudicada.

Ícone de esboço Este artigo sobre Informática é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.