Luftslottet som sprängdes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre o livro. Para o filme sueco, veja Luftslottet som sprängdes (filme).
Luftslottet som sprängdes
A Rainha no Palácio das Correntes de Ar (PT)
A Rainha do Castelo de Ar (BR)
Autor(es) Stieg Larsson
Idioma sueco
País  Suécia
Género Romance criminal
Série Trilogia Millennium
Localização espacial Suécia
Editora Norstedts
Lançamento 2007
ISBN 9788535915204
Edição portuguesa
Tradução Mário Dias Correia
Editora Oceanos
Lançamento 2009
Páginas 715
ISBN 978-989-23-0533-2
Edição brasileira
Tradução Dorothé de Bruchard
Editora Companhia das Letras
Lançamento 2009
Páginas 688
ISBN 9788535915204
Cronologia
Flickan som lekte med elden

Luftslottet som sprängdes (A Rainha do Castelo de Ar (título no Brasil) ou A Rainha no Palácio das Correntes de Ar (título em Portugal)) é um livro sueco escrito por Stieg Larsson. É o último volume da trilogia Millennium.[1]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Mikael Blomkvist está furioso. Furioso com o serviço secreto sueco, que, para proteger um assassino, internou Lisbeth Salander na época com apenas doze anos num hospital psiquiátrico e depois deu um jeito de declará-la incapaz. Furioso com a polícia que agora quer indiciar Lisbeth por uma série de crimes que ela não cometeu. Furioso com a imprensa, que se compromete em pintar a moça como psicopata e lésbica satânica. Furioso com a promotoria pública, que pretende pedir que ela seja internada de novo, desta vez ao que parece para sempre. Enquanto Lisbeth recupera-se num hospital de ferimentos que quase lhe tiraram a vida, Mikael procura conduzir uma investigação paralela que prove a inocência de sua amiga. Mas a jovem não fica parada, e muito mais do que uma chance para defender-se ela quer uma oportunidade para dar o troco. Com a ajuda de Mikael, Lisbeth está muito perto de desmantelar um plano sórdido que durante anos se articulou nos subterrâneos do estado sueco, um complô em cujo centro está o pai dela, um perigoso espião russo que ela já tentou matar por duas vezes.[2]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]