Stieg Larsson

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde dezembro de 2016)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde dezembro de 2016).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Stieg Larsson
Nome completo Karl Stig-Erland Larsson
Nascimento 15 de agosto de 1954
Skelleftehamn, Suécia
 Suécia
Morte 9 de novembro de 2004 (50 anos)
Stockholm, Suécia
 Suécia
Ocupação Jornalista e escritor
Prémios Prémio Chave de Vidro (2006)
Gênero literário Romance policial
Magnum opus Trilogia Millennium
Página oficial
trilogiamillennium.com.br

Karl Stig-Erland Larsson (Skelleftehamn, 15 de agosto de 1954Estocolmo, 9 de novembro de 2004), mais conhecido como Stieg Larsson, foi um jornalista e escritor sueco. Destacou-se no cenário internacional pela trilogia Millennium, de sua autoria e lançada postumamente. A trilogia foi um sucesso de crítica e de público em todos os países em que foi lançada. No seu país de origem, Suécia, uma em cada quatro pessoas leu pelo menos um exemplar da série.[1]

Larsson viveu boa parte de sua vida na cidade de Estocolmo, tendo trabalhado no campo do jornalismo e sido pesquisador independente do extremismo político no seu país.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Stieg Larsson foi um dos mais influentes jornalistas e ativistas políticos suecos. Trabalhou na destacada agência de notícias TT. À frente da revista Expo, fundada por ele, denunciou organizações neofascistas e racistas. É co-autor de Extremhögern, livro sobre a extrema direita em seu país.

Por causa de sua atuação na luta pelos direitos humanos, recebeu várias ameaças de morte. Faleceu em 9 de novembro de 2004, aos 50 anos, vítima de um ataque cardíaco. Segundo apurado, o infarte deu-se após Larsson subir sete lances de escada até ao seu escritório na sede da revista Expo, já que o elevador havia quebrado. Houve rumores de que sua morte foi induzida (tendo em vista as várias ameaças de extremistas contra a revista e o próprio Larsson), porém tal hipótese logo foi descartada.

Obra[editar | editar código-fonte]

Trilogia Millennium[2]

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. Asa.pt
  2. Livraria Cultura

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências