Lukas Moodysson

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde novembro de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Lukas Moodysson
Lukas Moodysson
Ocupação cineasta

Karl Frederik Lukas Moodysson (17 de Janeiro de 1969) é um cineasta sueco. Lançou um livro de poemas com dezessete anos de idade. Um dos novos expoentes do cinema escandinavo, realizando produções que criticam duramente e satirizam, ainda que de maneira bastante negativa e violenta, a sociedade e o comportamento humanos. Seu primeiro longa metragem, "Amigas de Colégio" (br)(Fucking Åmål), lançado em 1998, foi bem recebido pela crítica, tornando-o conhecido no meio cinematográfico. Seus dois filmes seguintes: "Bem-vindos" (br) (Tillsamans) de 2000 e "Para Sempre Lilya" (br) (Lilja 4ever) de 2002 também foram muito elogiados pelos críticos de cinema e receberam vários prêmios internacionais. Já o longa "Um Vazio no Meu Coração" (br) (A Hole In My Heart) de 2004 foi considerado fracasso de público e crítica. Um dos motivos listados foi a inserção de cenas chocantes demais sem necessidade.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

  • We Are The Best! (Vi är bäst!) (2013)
  • Corações em Conflito (Mammoth) (2009)
  • Container (2006)
  • Um Vazio No Meu Coração(br) (Hål i mitt hjärta, Ett/A Hole in my Heart) (2004)
  • Terrorister (Terrorists: The Kids They Sentenced) (2003)
  • Para Sempre Lilya (br) (Lilja 4ever) (2002)
  • Nya landet, Det (The New Country) (2000)
  • Bem-vindos (br) (Tillsammans) (2000)
  • Amigas de Colégio (br) (Fucking Åmål) (1998)
  • Bara prata lite (Talk) (1997)
  • Uppgörelse i den undre världen, En (1996)
  • Det var en mörk och stormig natt (1995)

Prêmios[editar | editar código-fonte]

  • Moodysson é o único diretor sueco a ganhar quatro vezes o prêmio Guldbagge Awards (maior prêmio de cinema na Suécia).