Mínimo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Em teoria dos conjuntos, o mínimo de um conjunto ordenado é o menor dos seus elementos relativamente a essa ordem.

Um conjunto pode não ter nenhum elemento mínimo, mas se este existir, é único.

Mínimo de um conjunto de [editar | editar código-fonte]

O Princípio da boa-ordenação afirma que qualquer subconjunto dos números naturais, , possui um elemento mínimo.

Exemplos[editar | editar código-fonte]

  • O mínimo dos intervalos [a,b] e [a,b) é a.
  • Os intervalos (a,b] e (a,b) não têm mínimos.
  • O mínimo de é 1 (ou 0, se considerarmos que )
  • , , não têm mínimo.

Ver também[editar | editar código-fonte]