M101 (obus)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
M101 howitzer
M101-105mm-howitzer-camp-pendleton-20050326.jpg
Um M101 do exército americano.
Tipo Obus
Local de origem  Estados Unidos
História operacional
Utilizadores  Estados Unidos
 Brasil
 Portugal
 Argentina
 Canadá
 Chile
 Japão
 Turquia
e outros mais de 20 países
Guerras Segunda Guerra Mundial
Guerra da Coreia
Guerra do Vietnã
Guerra do Iraque
Insurgência nas Filipinas
Histórico de produção
Fabricante Rock Island Arsenal
Período de
produção
1941–1953
Especificações
Peso 2 260 kg
Comprimento 5,94 m
Comprimento 
do cano
2,31 m
Largura 2,21 m
Altura 1,73 m
Projétil 105x372R
Calibre 105 mm
Coice (arma) 110 cm
Elevação -5° para +66°
Movimento
transversal
46°
Velocidade de saída 945 m/s
Alcance efetivo 11 270 m

O canhão 105 mm M2A1 (M101A1) é um obus desenvolvido pelos Estados Unidos durante a Segunda Guerra Mundial, vendo ação tanto na Europa quanto no Pacífico. Entrando em produção em 1941, ele rapidamente ganhou a reputação de ser confiável e eficiente. Criado para apoiar a infantaria, ele é usado por diversos países, como Brasil e Portugal.[1]

Referências

  1. Toohill, MAJ Ian (Agosto de 2009). «Mortars for Reserve Gunners» (PDF). 2nd Division, Army Reserves Public Affairs. The Bayonet. p. 10. Consultado em 6 de janeiro de 2012. 
Este artigo relativo a armas de fogo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.