Makarasana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Makarásana dêvanágari मकरासन IAST makarāsana. É um ásana de retroflexão em decúbito frontal[1] do Yôga.

Em sânscrito[2][3], makara é crocodilo. Fazendo alusão ao movimento de abrir a boca que este reptil faz.

Execução[editar | editar código-fonte]

Conforme o Gheranda Samhita:

2:40. Colocar a boca [queixo] e o peito em contacto com o solo. Estender e separar (amplamente) as pernas. Segurar a cabeça com os braços. Esta postura aumenta o calor corporal.

Uma variação muito comum deste asana consiste em apoiar a cabeça sobre as mãos, mantendo os cotovelos no solo. Há ainda a variação mostrada na foto, que altera completamente o propósito original do asana, passando de uma postura de relaxamento para uma postura de retroflexão.

A posição dos pés também pode variar entre manter o dorso apoiado no chão e permitir que os calcanhares cheguem ao chão. Esta segunda forma de apoiar os pés permite melhor acomodação das pernas e do quadril no solo.

Referências

  1. Tratado de Yôga, DeRose, Nobel, 2008, São Paulo, ISBN 85-213-1361-6
  2. Sanskrit English Dictionary, Sir Monier Williams, Oxford University ISBN 0-19-864308-X.
  3. Léxico de Yôga Antigo Sânscrito-Português, Lucila Silva, Florianópolis-SC, Editora Uni-Yôga, 1a. Ed., ISBN 978-85-85504-11-3

Ver também[editar | editar código-fonte]