Manuel Pio Correia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Manuel Pio Correia
Nascimento 1874
Porto
Morte 1934 (60 anos)
Paris
Cidadania Portugal
Ocupação botânico

Manuel Pio Correia[1] (18741934) foi botânico português.

Naturalista, botânico, geólogo e pesquisador, nascido na cidade do Porto, em Portugal, filho do editor e livreiro Ignacio Corrêa, dedicou-se ao estudo da Botânica aplicada, ressaltando aspectos científicos, econômicos e industriais das plantas. Membro de mais de uma dezena de instituições científicas.

Os trabalhos desenvolvidos por este naturalista deram origem a importantes publicações, dentre as quais os seis volumes do Dicionário das Plantas Úteis do Brasil e das Exóticas Cultivadas, publicados a partir de 1926 pelo Ministério da Agricultura. Sua bibliografia completa inclui cerca de 150 trabalhos. Quando faleceu, era pesquisador do Museu de História Natural de Paris.

Nota

Na ortografia arcaica grafava-se Manoel Pio Corrêa

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • CORRÊA, M. P.. Dicionário das plantas úteis do Brasil e das exóticas cultivadas (v. 1). Rio de Janeiro: Imprensa Nacional, 1926.
  • CORRÊA, M. P.. Dicionário das plantas úteis do Brasil e das exóticas cultivadas (v. 6). Rio de Janeiro: Imprensa Nacional, 1978.
  • CORRÊA, M. P.. Dicionário das plantas úteis do Brasil e das exóticas cultivadas (6 v.). Rio de Janeiro: IBDF, 1984.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]