MariaDB

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde maio de 2013). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
MariaDB
Captura de tela
Logotipo da MariaDB
Desenvolvedor MariaDB Corporation Ab, MariaDB Foundation
Michael 'Monty' Widenius
Plataforma Multi plataforma (Unix, Windows, Solaris, Linux, Mac OS, BSD)[1]
Lançamento 22 de janeiro de 2009 (7 anos)
Versão estável MariaDB 10.1.18 - Estável (30 de setembro de 2016; há 0 dia)
Linguagem C, C++, Perl, Bash
Gênero(s) Sistema de Gerenciamento de Banco de Dados Relacional RDBMS
Licença GNU General Public License (versão 2), LGPL[2]
Página oficial mariadb.org
mariadb.com
O combinação LAMP

MariaDB é um banco de dados que surgiu como fork do MySQL, criado pelo próprio fundador do projeto após sua aquisição pela Oracle.[3]

Objetivos[editar | editar código-fonte]

A intenção principal do projeto é manter uma alta fidelidade com o MySQL.

O líder do MariaDB é Michael 'Monty' Widenius, o fundador do MySQL e da Monty Program AB.Para conseguir isso, Programa Monty trabalha para contratar os melhores e mais brilhantes desenvolvedores do setor, trabalhar em estreita cooperação com a maior comunidade de usuários e desenvolvedores no verdadeiro espírito do software livre e open source e software de lançamento de uma forma que equilibre a previsibilidade com confiabilidade.[4]

MariaDB é um avançado substituto para o MySQL e está disponível sob os termos da licença GPL v2.

Segurança[editar | editar código-fonte]

A segurança é muito importante no mundo de hoje e é um foco especial para os desenvolvedores do MariaDB. O projeto mantém os seus próprios patches de segurança situados no core de MySQL. Para cada versão do MariaDB os desenvolvedores também incluem todos os patches de segurança do MySQL e suas melhorias, caso necessário. Quando problemas de segurança críticos são descobertos, os desenvolvedores imediatamente preparam e distribuem novas versões do MariaDB para obter as correções o mais rápido possível.

Muitos dos problemas de segurança encontrados no MySQL e MariaDB foram encontrados e relatados pela equipe MariaDB. A equipe trabalha em estreita colaboração com o MariaDB http://cve.mitre.org/ para garantir que todas as questões de segurança sejam prontamente comunicadas e explicadas o mais detalhadamente possível.

Compatibilidade[editar | editar código-fonte]

MariaDB é mantido atualizado com a última versão do MySQL e irá funcionar exatamente como MySQL. Todos os comandos, interfaces, bibliotecas e APIs que existem no MySQL também existem no MariaDB. Não há necessidade de conversão de dados para exibir MariaDB.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «MariaDB 10.1.18 Stable». Consultado em 05 Outubro 2016. 
  2. «MariaDB License». 
  3. IMasters: Wikipedia começa a migrar do MySQL para o fork MariaDB
  4. «Mission Statement». mariadb.org (em inglês). Consultado em 27/11/2015. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia possui o portal: