Maria Thereza Fraga Rocco

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Maria Thereza Fraga Rocco
Nascimento 24 de maio de 1942
São Paulo
Morte 30 de outubro de 2018 (76 anos)
São Paulo
Cidadania Brasil
Alma mater
Ocupação investigadora, professora universitária,
Empregador Universidade de São Paulo, Fundação Universitária para o Vestibular

Maria Thereza Fraga Rocco (São Paulo, 24 de maio de 1942 – São Paulo, 30 de outubro de 2018)[1] foi uma professora e pesquisadora brasileira conhecida por seus trabalhos sobre o ensino de literatura, leitura e escrita.[2][3] Era professora da Universidade de São Paulo e foi diretora da Fundação Universitária para o Vestibular (FUVEST).[4][5]

Referências

  1. Médici, Ademir (5 de novembro de 2018). «Obituário: Maria Thereza Fraga Rocco». Diário do Grande ABC. Consultado em 15 de janeiro de 2022 
  2. «Entrevista de Maria Thereza Fraga Rocco». Linha D'Água (11): 9–24. 14 de junho de 1997. ISSN 2236-4242. doi:10.11606/issn.2236-4242.v0i11p9-24. Consultado em 15 de janeiro de 2022 
  3. Santos, Yeda (2002). «A inclusão pela tela da TV». Jornal da USP. Consultado em 15 de janeiro de 2022 
  4. Segatto, Cristiane (9 de setembro de 2002). «Barrados no vestibular». Época. Consultado em 15 de janeiro de 2022 
  5. «Redação avalia capacidade de reflexão». UOL. 4 de março de 2005. Consultado em 15 de janeiro de 2022