Mario Bettinus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Mario Bettinus
'
Nascimento 6 de fevereiro de 1582
Bolonha
Morte 7 de novembro de 1657 (75 anos)
Bolonha
Nacionalidade italiano
Ocupação astrônomo, matemático, filósofo, teórico musical,
Campo(s) astronomia
Religião catolicismo

Mario Bettinus (em italiano: Mario Bettini; 6 de fevereiro de 15827 de novembro de 1657) foi um filósofo, matemático e astrônomo jesuíta italiano.

A cratera lunar Bettinus foi denominada em sua homenagem por Giovanni Battista Riccioli em 1651. Sua Apiaria Universae Philosophiae Mathematicae é uma coleção enciclopédica de curiosidades matemáticas. Esta obra foi revisada por Christoph Grienberger.

Obras[editar | editar código-fonte]

Aerarium philosophiae mathematicae, Bologna 1648. Mainz, Stadtbibliothek
  • Apiaria Universae Philosophiae Mathematicae, 1642
  • Aerarium Philosophiae Mathematicae, 1648
  • Rubenus

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um astrônomo/astrónomo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.