Markdown

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Markdown é uma linguagem simples de marcação originalmente criada por John Gruber[1] e Aaron Swartz.[2] Markdown converte seu texto em HTML válido.

Exemplos de sintaxe[editar | editar código-fonte]

Esta não é uma lista completa, veja a documentação para todas as opções. Caracteres que possam ser interpretados pelo markdown são ignorados se uma barra invertida é colocada antes deles; por exemplo, a sequência '\*' mostraria um asterisco ao invés de começar um texto com ênfase.

Texto com ênfase:

  • enfatizado* (e.g., itálico)
    • fortemente enfatizado** (e.g., negrito)

Código:

`codigo`

Listas:

  • Um item em uma lista não ordenada
  • Outro item em uma lista não ordenada

1. Um item em uma lista ordenada 2. Outro item em uma lista ordenada

Cabeçalhos:

  1. Cabeçalho de primeiro nível
        1. Cabeçalho de quarto nível

Sintaxe alternativa para os dois primeiros cabeçalhos:

Cabeçalho de primeiro nível


Cabeçalho de segundo nível


Citações:

> Esse texto será envolto pelo elemento HTML blockquote.

Links:

[Texto do link aqui](endereço.do.link.aqui "título do link aqui")

Imagens:

![Texto alt da imagem aqui](URL.da.imagem.aqui "Título da Imagem aqui")

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Implementações[editar | editar código-fonte]