Marlim

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Como ler uma infocaixa de taxonomiaMarlins
Tetrapturus albidus
Tetrapturus albidus
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Actinopterygii
Ordem: Perciformes
Família: Istiophoridae
Géneros
Istiophorus
Makaira
Tetrapturus

O termo marlim é a designação comum aos peixes teleósteos perciformes da família Istiophoridae, que são encontrados dos Estados Unidos até o estado brasileiro do Espírito Santo, eventualmente também até no estado do Rio de Janeiro, que possuem uma longa mandíbula superior em forma de bico. Também são conhecidos pelos nomes de agulhão e agulhão-de-vela. O marlim pode atingir até 120Km/h por um curto período de tempo.

Morfologia[editar | editar código-fonte]

A família Istiophoridae apresenta uma mandíbula superior característica em forma de espeto, além de uma barbatana dorsal que se estende por grande parte do comprimento do corpo, muitas vezes parecendo a vela de um barco. Sua espinha conta com 24 vértebras que lhe confere um comprimento máximo de 4 metros, da ponta de seu "agulhão" até o final da cauda.[1]

Referência literária[editar | editar código-fonte]

No livro O velho e o Mar (The Old Man and the Sea), de Ernest Hemingway publicado em 1952, o personagem Santiago pesca com grande dificuldade um marlim.

Espécies[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]