Marquês de Alegrete

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Coronet of a Marquess - Kingdom of Portugal.svg
Marquês da Graciosa
Criação D. Pedro II
19 de Agosto de 1687
Ordem Grandeza
Tipo Juro e herdade
1.º Titular Manuel Teles da Silva, 2º conde de Vilar Maior
Linhagem Teles da Silva
Menezes
Títulos Subsidiários Conde de Vilar Maior

Marquês de Alegrete é um título nobiliárquico português criado pelo Rei D. Pedro II de Portugal, por Carta de 19 de Agosto de 1687, a favor de Manuel Teles da Silva, 2.º conde de Vilar Maior. O título de Conde de Vilar Maior ficou subsidiário do Marquesado, ficando reservado para o herdeiro dos Marqueses de Alegrete, passando ambos de geração em geração na família Teles da Silva.

  1. Manuel Teles da Silva (1641-1709), 2.º conde de Vilar Maior
  2. Fernando Teles da Silva (1662-1731), 3.º conde de Vilar Maior
  3. Manuel Teles da Silva (1682-1736), 4.º conde de Vilar Maior
  4. Fernão Teles da Silva (8 de Outubro de 1703 - 2 de Setembro de 1759), 5.º Conde de Vilar Maior
  5. Luís Teles da Silva Caminha e Meneses (1775-1828), 6.º Conde de Vilar Maior
  6. Fernando Teles da Silva Caminha e Menezes (1881-1919)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre História de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.