Maternidade de São Paulo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Maternidade São Paulo)
Ir para: navegação, pesquisa

A Maternidade de São Paulo foi uma importante unidade hospitalar especializada em obstetrícia da cidade de São Paulo. Fundada em 1894 pelo médico Bráulio Gomes (1854-1903),[1] , funcionou como instituição beneficente por 109 anos, até ser desativada em 15 de setembro de 2003, penhorada em razão de uma dívida de seis milhões de reais.[2] [3] [4]

Seu prédio, demolido em agosto de 2014,[5] era um marco arquitetônico situado na rua Frei Caneca a poucos metros da avenida Paulista. Com catorze andares, foram ali realizados centenas de milhares de partos, na década de 1980 chegando a ter dezesseis mil partos por ano, entre estes os de Ayrton Senna, Amyr Klink, Paulo Maluf, William Bonner, Susana Vieira, Nelson Motta, Flavio Henrique, Kátia Regina, Angela Leonilia, Ednácio Gomes da Silva, Fernando Brasil, Wendey Barbosa Chaves, Roberta Perez e Igor Anchelli, entre outros.[6]

Em anexo, funcionou por muitos anos, o Instituto Superior de Administração Hospitalar, formando diversas turmas, não apenas dirigido aos profissionais da área médica, como também das jurídica, administrativa e outras.

O acervo documental da maternidade, incluindo os 1625 livros de registro dos nascimentos do período de 1901 a 1968, encontra-se sob custódia do Arquivo Público do Estado de São Paulo,[7] mas só pode ser consultado com ordem judicial.[5]


Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um hospital ou uma instituição de saúde é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.