Meldonium

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Estrutura química de Meldonium
Meldonium
Star of life caution.svg Aviso médico
Nome IUPAC (sistemática)
2-(2-Carboxylato-ethyl)-1,1,1-trimethylhydrazinium
Identificadores
CAS 86426-17-7
ATC C01EB22
PubChem 123868
ChemSpider 110405
Informação química
Fórmula molecular C6H14N2O2
Massa molar 147.19 g/mol
SMILES C[N+](C)NCCC(=O)[O-]
Sinónimos THP, MET-8 Mildronāts ou Quaterine
Dados físicos
Solubilidade em água >40 mg/mL mg/mL (20 °C) mg/mL (20 °C)
Farmacocinética
Biodisponibilidade ?
Metabolismo ?
Meia-vida ?
Excreção ?
Considerações terapêuticas
Administração ?
DL50 ?

Meldonium (INN), denominação comercial do Mildronate e entre outros, é um fármaco limitado comercialmente, desenvolvido em 1970 por Ivars Kalviņš, Latvijas Organiskās sintēzes institūts (União Soviética), e fabricado principalmente pela Grindeks da Letônia, e vários fabricantes de genéricos. É distribuído em países do Leste Europeu como um medicamento anti-isquemia.[1]

Desde 1 de janeiro de 2016, que tem estado na lista da Agência Mundial Anti-Doping (WADA) de substâncias proibidas de uso pelos atletas.[2] No entanto, existem debates sobre a sua utilização como um potenciador de desempenho atlético. Alguns atletas são conhecidos por ter sido a usá-lo antes de ter sido banido.[3]

Referências

  1. «Grindeks: We Believe that Meldonium Should not be Included in the List of Banned Substances in Sport» (em inglês). Grindeks. 9 de março de 2016. Consultado em 14 de agosto de 2016. Arquivado do original em 12 de março de 2016 
  2. «Prohibited List» (em inglês). World Anti-Doping Agency. Consultado em 14 de agosto de 2016 
  3. «All About Meldonium, the Banned Drug Used by Sharapova» (em inglês). New York Times. Associated Press. 8 de março de 2016. Consultado em 14 de agosto de 2016 
Ícone de esboço Este artigo sobre Medicamento é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.