Melissa (Grendene)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Melissa é uma linha de calçados criada em 1979, pela empresa brasileira Grendene[1].

O primeiro modelo, a Melissa Aranha, foi criado pelo empresário Pedro Grendene Bartelle, inspirado nas sandálias de tiras usadas pelos pescadores da Riviera Francesa. A Grendene usou a telenovela Dancing Days para promover o produto, que era usado pela protagonista Júlia (Sônia Braga). A estratégia inicial foi bem sucedida, tornando a sandália de plástico nacionalmente conhecida. Nos anos seguintes, a empresa ampliou a linha de produtos[2].

O processo de internacionalização da marca começou em 1983. A empresa buscou parcerias criativas com designers de moda como o francês Jean Paul Gaultier, Thierry Mugler, Jacqueline Jacobson e Elisabeth De Seneville.

No início da década de 1990, a Grendene transferiu a produção do Rio Grande do Sul para o Nordeste. Um processo de revitalização foi iniciado em 1994, depois de anos sem novos modelos. A estratégia utilizada no lançamento foi adaptada, com a contratação de uma nova celebridade - desta vez a modelo alemã Claudia Schiffer - para desfilar com exclusividade as novas Melissas.

O sucesso da marca foi celebrado em exposições que marcaram seus aniversários de 25 (Plastic.o.rama, no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro)[3] e 30 anos (MelissaEU!, no Solar Real)[4].

Referências

  1. Análise da marca Melissa e sua atuação na SPFW 2009. AntennaWeb
  2. Moraes , Sylvia Therezinha de Almeida; Senra, Melissa; ROCHA, Angela da. A internacionalização da marca Melissa. Rev. Bras. de Casos de Ensino em Administração ISSN 2179-135X
  3. Melissa comemora 25 anos com mostra no Rio. O Estado de S. Paulo, 17 de março de 2005
  4. Melissa: balzaquiana, linda e sustentável (parte 1). Roda da Moda, 17 de novembro de 2009