Mesquita de Cufa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
A mesquita em 1915

A Mesquita de Cufa[1][2] (em árabe: مسجد الكوفة المعظم; romaniz.: Masjid al-Kufa) localizada em Cufa, no Iraque, é uma das mais antigas mesquitas do mundo. Foi construída no século VII e contém os restos de Muslim ibne Acil - primo de Huceine ibne Ali, seu companheiro Hani ibne Urua, e o revolucionário Mukhtar al-Thaqafi.[3]

Dimensões[editar | editar código-fonte]

Atualmente a área de construção é de aproximadamente 11.000 m2. A mesquita contém nove santuários e quatro locais tradicionais. Ela tem quatro minaretes e é acessada por cinco portas, sua construção inicial data do 670.[4]

Referências

  1. Alves 2014, p. 421.
  2. Nimer 2005, p. 489.
  3. Ismail Zabeeh. «"Hundreds of thousands' Friday assemblage in Masjid-e-Uzma Kufa."». Jafariya News. Consultado em 21 de junho 2014 
  4. «"Kufa: Great Mosque and Dar al-Imara."». Consultado em 21 de junho 2014 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Alves, Adalberto (2014). Dicionário de Arabismos da Língua Portuguesa. Lisboa: Leya. ISBN 9722721798 
  • Nimer, Miguel (2005). Influências orientais na língua portuguesa os vocábulos árabes, arabizados, persas e turcos: etimilogia, aplicações analíticas. São Paulo: Edusp. ISBN 9788531407079 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Mesquita de Cufa