Michael Ramirez

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou seção está a ser traduzido. Ajude e colabore com a tradução.


Michael Ramirez
Nome completo Michael Patrick Ramirez
Nascimento 11 de maio de 1961
Tóquio, Japão
Nacionalidade americana e japonesa
Ocupação cartunista
Principais trabalhos cartuns editoriais
Prêmios Lista

Michael Patrick Ramirez (nascido em 11 de maio de 1961) é um cartunista editorial americano vencedor por duas vezes do famoso Prêmio Pulitzer. Seus cartuns denotam, com freqüência, um ponto de vista conservador.

Ramirez nasceu em Tóquio, capital do Japão. Graduou-se no ano de 1984 na Universidade da Califórnia. Trabalhou no The Commercial Appeal, em Memphis, por sete anos, indo em seguida para o Los Angeles Times. No ano de 1994, recebeu seu primeiro Pulitzer na categoria "cartunismo editorial". No ano de 2008, repetiu o feito. Também recebeu o prêmio Mencken de melhor cartum do ano de 1996. Contribui regularmente para o USA Today, e seus trabalhos são distribuídos por cerca de quinhentos e cinqüenta jornais e revistas americanos através do Copley News Service.

Quando jovem, Ramirez planejava fazer faculdade de medicina, e considerava o jornalismo apenas um hobby.


Controvérsias[editar | editar código-fonte]

Em outubro do ano 2000, o Los Angeles Times publicou um cartum de Ramirez em que um judeu aparecia adorando a palavra "Hate" (ódio) escrita no Muro das Lamentações. De acordo com o ombudsman Narda Zacchino, o cartum provocou uma reação negativa jamais vista.


"Quando eu passo um dia inteiro sem receber pelo menos uma ligação de alguma pessoa me chamando de idiota, é porque não estou trabalhando direito", disse Ramirez, uma vez, em resposta aos que perguntavam sobre a controvérsia gerada por seus cartuns.

Demissão do Los Angeles Times[editar | editar código-fonte]

No dia 12 de novembro de 2005, o Times anunciou que os cartuns de Ramirez seriam descontinuados ao final daquele ano. O cartunista ficou desapontado, mas logo conseguiu um emprego no Investor's Business Daily como editor sênior de cartunismo editorial.

Prêmios[editar | editar código-fonte]

  • 1994: Prêmio Pulitzer na categoria "cartooning editorial"
  • 1995: Prêmio Sigma Delta Chi de cartunismo editorial
  • 1996: Prêmio H.L. Mencken de cartunismo editorial
  • 1997: Prêmio Sigma Delta Chi de cartunismo editorial
  • 2005: Prêmio Nacional de Jornalismo, categoria "cartunismo editorial"
  • 2008: Prêmio Pulitzer na categoria "cartooning editorial"

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Stephen R. Benson
Vencedor do Prêmio Pulitzer na categoria "cartunismo editorial"
1994
Sucedido por
Mike Luckovich
Precedido por
Walt Handelsman
Vencedor do Prêmio Pulitzer na categoria "cartunismo editorial"
2008
Sucedido por
-