Michele Leonhart

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Michele Leonhart.

Michele Marie Leonhart (27 de fevereiro de 1956) é uma policial norte-americana e ex-administradora da Drug Enforcement Administration (DEA), Leonhart também serviu como administradora no exercício da DEA. Em 2 de fevereiro de 2010, o presidente Barack Obama nomeou Leonhart para o cargo de administradora.[1]

O mandato de Leonhart como administradora foi marcado com a controvérsia e escândalos, incluindo um escândalo de prostituição, até o final de seu serviço em 2015, ela foi rotulada como aguerrida, quando um grupo bipartidário de legisladores declararam que não tinham confiança em sua liderança.[2] [3] [4] [5]

Referências

  1. «Michele Leonhart resigns as DEA chief». The Washington Times. Consultado em 23 deoutubro de 2016.  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  2. «DEA Administrator Michele Leonhart retires». CBS News. Consultado em 23 deoutubro de 2016.  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  3. «Holder: Embattled DEA chief is retiring». Consultado em 23 deoutubro de 2016.  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  4. «Michele M. Leonhart Confirmed by Senate as DEA Administrator». Consultado em 23 deoutubro de 2016.  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  5. «DEA's Leonhart Doomed? Committee Declares 'No Confidence' Amid Sex Party Scandal». Consultado em 23 deoutubro de 2016.  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.