Milímetro de mercúrio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Experimento de Torricelli com um tubo e um reservatório de mercúrio - o barômetro de mercúrio.

O milímetro de mercúrio (mmHg) é uma unidade de pressão definida em termos da pressão gerada por uma coluna de mercúrio de um milímetro com densidade 13 595,1 kg/m3 a 273,15 K sob influência da aceleração padrão da gravidade de 9,80665 m/s2.[1]

História[editar | editar código-fonte]

Em 1643, o físico e matemático italiano Evangelista Torricelli criou o barômetro de mercúrio, um instrumento que permite observar e medir o peso do ar. O barômetro de Torricelli consistia em mergulhar um tubo de vidro, contendo mercúrio e fechado em apenas uma das extremidades, em um recipiente também preenchido com mercúrio. O líquido dentro do tubo subia ou descia conforme a pressão atmosférica, mostrando que a coluna de mercúrio é proporcional a ela; daí a unidade de pressão milímetros de mercúrio.[2]

Ao nível do mar, a coluna de mercúrio dentro do tubo, em relação à superfície do mercúrio do outro recipiente, mede aproximadamente 760 mm. Por isso a equivalência de 760 mmHg a 1 atm.[3]

Usos frequentes da unidade[editar | editar código-fonte]

Embora não seja uma unidade do Sistema Internacional de Unidades (SI), o milímetro de mercúrio ainda é rotineiramente utilizado em diversas áreas da ciência e técnica.

No campo da medicina, quase sempre se utiliza milímetros de mercúrio para medir a pressão sanguínea. Esse costume decorre do fato de que o manômetro de mercúrio é utilizado como referência para a medida dessa pressão desde a antiguidade.[4]

Em se tratando de meteorologia, o milímetro de mercúrio está presente nas medições de pressão através do barômetro de mercúrio e nas observações de variação de pressão utilizando o barógrafo.[5]

Torr[editar | editar código-fonte]

A unidade de pressão Torr, que leva esse nome em homenagem a Torricelli, é comumente tida como sinônimo da unidade de pressão milímetros de mercúrio. Existe, todavia, uma diferença entre as elas.

1 mmHg = 1,000000142 Torr

Para usos práticos, que não exigem alta precisão, porém, pode-se tomar 1 Torr equivalente a 1 mmHg, posto que as duas unidades diferem em menos de 0,000015%.[6]

Comparação com outras unidades de pressão[7][editar | editar código-fonte]

mmHg atm Pa kgf/cm2 mca PSI
mmHg 1,00 0,00132 133,322 0,0013595 0,0135951 0,019337

Referências

  1. NPL National Physical Laboratory. Disponível em: <http://www.npl.co.uk/reference/faqs/pressure-units> Acesso em: 07 out. 2015
  2. MAST Museu de Astronomia. Disponível em: <http://www.mast.br/multimidia_instrumentos/barometro_historico.html> Acesso em: 07 out. 2015
  3. KOTZ, John; TREICHEL, Paul; WEAVER, Gabriela; Química y Reactividad Química. 6.ª ed.
  4. GUYTON, Arthur Clifton; HALL, John E.; Tratado de Fisiologia Médica. 11.ª ed.
  5. INMET Instituto Nacional de Meteorologia. Disponível em: <http://www.inmet.gov.br/portal/index.php?r=home/page&page=instrumentos> Acesso em: 08 out. 2015
  6. CHANG, Raymond; Físico-Química: Para as Ciências Químicas e Biológicas. 3.ª ed.
  7. Universidade Federal de Lavras - Departamento de Engenharia. Disponível em: <http://www.deg.ufla.br/site/_adm/upload/file/1_aula%20pratica%201.pdf> Acesso em: 06 out. 2015
Ícone de esboço Este artigo sobre padrões ou medidas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.