Mkhare

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde julho de 2017). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Um mkhare (em georgiano: მხარე, mxare) é um termo relativo à divisão administrativa empregado na Geórgia. Geralmente é traduzido como "região".[1]

De acordo com decretos presidenciais em 1994 e 1996, a divisão da Geórgia em regiões é provisória, até que os separatistas envolvidos nos conflitos da Abcázia e Ossétia do Sul sejam resolvidos. A administração regional é dirigida por um  Comissário do Estado (სახელმწიფო რწმუნებული, Saxelmćipo Rćmunebuli, geralmente traduzido como "Governador"), ou seja, um funcionário nomeado pelo Presidente.[2]

As regiões são ainda subdivididas em raionis (distritos).

Há 9 regiões na Geórgia:

Região Capital
Guria Ozurgeti
Imerícia Cutaisi
Cachétia Telavi
Ibéria Interior Rustavi
Mtsqueta-Mtianécia Mtsqueta
Racha-Lechumi e Suanécia Inferior Ambrolauri
Mingrélia-Alta Suanécia Zugdidi
Mesquécia-Javaquécia Acalcique
Ibéria Inferior Gori
  1. Mikaberidze, Alexander (6 de fevereiro de 2015). Historical Dictionary of Georgia (em inglês). [S.l.]: Rowman & Littlefield. ISBN 9781442241466 , pag. 551
  2. Nodia, Gia; Scholtbach, Álvaro Pinto (2006). The Political Landscape of Georgia: Political Parties: Achievements, Challenges and Prospects (em inglês). [S.l.]: Eburon Uitgeverij B.V. ISBN 9789059721135 , pag. 135.