Mohamed Sadeq al-Sadr

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Muhammad al-Sadr

Grande Aiatolá Mohammad Sadeq al-Sadr (Árabe: محمد محمّد صادق الصدر; Muḥammad Ṣādiq aṣ-Ṣadr), (23 de março de 1943 – 19 de fevereiro de 1999), frequentemente referido pelo nome de seu pai, Muhammad Sadiq as-Sadr, foi um proeminente clérigo xiita do Iraque.

Sua família considera-se Sayyid, termo que se utiliza entre os xiitas para designar os descendentes diretos de Maomé.

Foi assassinado na cidade iraquiana de Najaf, durante o regime de Saddam Hussein.[1]

Referências

  1. "The Murder of Grand Ayatollah Mohammed Sadiq Al-Sadr". www.geocities.com. Consult. 2008-10-17. 
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.