Molécula anfipática

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Moléculas anfipáticas (do grego: amphi, ambos + pathos, paixão), ou anfifílicas, são moléculas que apresentam características hidrofílicas (solúvel em meio aquoso), e hidrofóbicas (insolúvel em água, porém solúvel em lipídios e solventes orgânicos).[1]

As moléculas anfipáticas interagem com a água através da porção hidrofílica que tende a ser hidratada e excluir a porção hidrofóbica. Essa interação forma agregados que são denominados de micelas.[1][2]

A maior parte dos sabões e detergentes são compostos que contém esse tipo de molécula.[1]


Exemplos[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c Donald., Voet, (2013). Bioquímica 4. ed ed. Porto Alegre: Artmed. ISBN 9788582710043. OCLC 940090828 
  2. 1942-, Nelson, David L. (David Lee),; L., Lehninger, Albert (2013). Lehninger principles of biochemistry 6th ed ed. New York: W.H. Freeman and Company. ISBN 9781429234146. OCLC 824794893 
Ícone de esboço Este artigo sobre Química é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.