Monte Marcy

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Monte Marcy
Monte Marcy (foto tirada do monte Haystack, sobre a Panther Gorge)
Monte Marcy está localizado em: Nova Iorque
Monte Marcy
Localização no estado de Nova Iorque, Estados Unidos
Coordenadas 44° 6' 46" N 73° 55' 25" O
Altitude 1 629 m (5 344 pés)
Proeminência 1 498 m
Isolamento 209 km
Listas Ponto mais alto de um estado dos EUA
País  Estados Unidos
Estado Nova Iorque
Condado Condado de Essex
Cordilheira Montanhas Adirondack
Primeira ascensão 8 de agosto de 1837 por Ebenezer Emmons e seu grupo

O monte Marcy (mohawk: Tewawe’éstha[1]) é a montanha mais alta do estado de Nova Iorque, nos Estados Unidos[2], com uma altitude de 1629 m.[3] e um isolamento topográfico de 209 km. É o centro dos Adirondack High Peaks, e é muito popular para caminhadas pela natureza, em especial no verão.

O seu nome é uma homenagem a William L. Marcy, que foi governador do estado de Nova Iorque, e que autorizou a exploração da região.

Theodore Roosevelt estava em seu campo de caça denominado Tahawus, na região do monte Marcy, em 14 de setembro de 1901, quando foi informado que o Presidente William McKinley, que tinha sido alvejado uma semana antes, piorara do seu estado. Partindo para Nova Iorque, soube no caminho que McKinley havia falecido.

Galeria[editar | editar código-fonte]

Stitching panorâmico de 360 graus do cume.


Referências

  1. «Haudenosaunee Country in Mohawk». 4 de fevereiro de 2015 
  2. United States Geological Survey (29 de abril de 2005). «Elevations and Distances in the United States». Consultado em 28 de março de 2009 
  3. Encyclopedia Brittanica. «Mount Marcy»