Monte Shishaldin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Monte Shishaldin
Monte Shishaldin
Monte Shishaldin está localizado em: Alasca
Monte Shishaldin
Coordenadas 54° 45' 21" N 163° 58' 3" O
Altitude 2 857 m (9 373 pés)
Proeminência 2 857 m
Listas Ultra
Localização Ilha Unimak, Ilhas Aleutas, Alasca,  Estados Unidos
Cordilheira Cordilheira Aleúte
Última erupção 2004
Primeira ascensão 1932 por G. Peterson et al. (primeiro registo)
Rota mais fácil pelo leste/escalada/caminhada sobre gelo e glaciares
Ponto mais alto das Ilhas Aleutas

O Monte Shishaldin é um estratovulcão ativo numa área remota da ilha Unimak[1], no Alasca, e que, com 2857 m de altitude, constitui o ponto mais alto das ilhas Aleutas, mas não da cordilheira Aleúte (que é o monte Redoubt).

É a mais simétrica grande montanha cónica glaciar da Terra, e as curvas de nível acima dos 2000 m são praticamente círculos perfeitos. As encostas norte e sul, na parte baixa, são mais inclinadas que as vertentes oriental e ocidental. O Shishaldin é a mais ocidental de três grandes estratovulcões na parte oriental da ilha Unimak. Os aleútes chamam-lhe Sisquk, que significa "montanha que indica o caminho quando [se está] perdido". Os 2000 metros superiores estão quase totalmente cobertos por nove glacial e gelo. No total, a cobertura de gelo atinge cerca de 91 km².

O Shishaldin em erupção em 1999
Os principais vulcões das ilhas Aleutas

Referências