Mordecai

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ester e Mordecai, por Aert de Gelder

Mardoqueu ou Mordecai (em hebraico: מרדכי) é um personagem bíblico que surge no Livro de Ester. O seu nome é derivado da palavra Marduque, nome de uma divindade mesopotâmica. Foram encontrados, em Nipur, textos persas com referência a um oficial dos governos de Dario I e de Artaxerxes I chamado Mardukaya, possivelmente Mardoqueu.[1][2]

Era primo de Ester que era filha de Abiail, tio de Mardoqueu e, pela morte dos pais desta, a adotou, criando-a como filha. Por tal, mereceu a confiança e obediência de Ester, mesmo quando esta saiu de sua casa para ser rainha do rei Achash Verosh (Assuero ou Xerxes I) do Império Persa.[3]

Na sua apresentação consta que era benjamita descendente de Jair, Simei e Quis. Ora, Quis era o pai de Saul, o primeiro rei de Israel. Este é um dado importante visto que o seu inimigo na história de Ester é Hamã o agagita, ou seja, descendente de Agague (rei dos amalequitas que se opôs a Saul). Este dado quase dá a entender que a sua inimizade de alguma forma representava a inimizade entre Saul e Agague.

Mardoqueu ocupou uma posição de elevado destaque no governo de Achash Verosh após a execução de Hamã.

Referências

  1. «Mardoqueu é honrado e Hamã humilhado - Bíblia». Consultado em 12 de novembro de 2012 
  2. Kantor, Máttis (2005). Codex Judaica. chronological index of Jewish history (em inglês). Monsey: Zichron Press. p. 384. ISBN 0967037832 
  3. «Mordechai e Ester - A História Completa de Purim». Consultado em 12 de novembro de 2012