Muatal II

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Muwatalli II)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Muatal II
Nascimento Século XIII a.C.
Morte Século XIII a.C.
Filho(s) Kurunta
Irmão(s) Hatusil III
Ocupação soberano

Muatal II (em hitita: Muwatalli; em egípcio mwTnrA[1]) foi um rei hitita (1295 a. C.-1272 a. C.[2]), famoso por sua participação na Batalha de Cadexe. Seu reinado destacou-se pelas contínuas guerras contra as tribos kaskas do norte e com o Egito no Levante.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Muatal II era filho de Mursil II e o sucedeu após sua morte.[3] No começo de seu reinado teve de enfrentar algumas rebeliões em Arzaua, lideradas pelo nobre hitita Piamaradu; estas revoltas foram sufocadas após uma série de campanhas vitoriosas, embora Piamaradu tenha buscado refúgio nos reinos vizinhos e continuado com suas tentativas de levar os reinos da Anatólia ocidental à revolta.

Com a ascensão da XIX dinastia egípcia, Muatal temeu pela segurança das posições hititas no Levante e na Síria. Para tentar combater o renascimento egípcio, o rei tomou a decisão de mudar a capital do reino de Hatusa para Taruntassa,[4] situada mais ao sul e, portanto, mais distante dos territórios ameaçados pelos egípcios e dos kaskas.

Muatal deixou a proteção do norte com seu irmão Hatusil III, que conseguiu conquistar vários territórios aos kaskas. Enquanto o rei se preparava para um choque contra os egípcios, Adadenirari I da Assíria capturou o reino de Mitani que, por esta época, era apenas uma sombra de seu antigo poderio.

Com a ascensão ao trono do enérgico Ramessés II no Egito, a guerra se tornou inevitável. No quarto ano de seu governo, Ramessés partiu até a Síria, e no quinto ano,[carece de fontes?] em 1 274 a.C., teve lugar a batalha de Cadexe, no vale médio do Rio Orontes; embora o resultado deste combate não seja claro, parece que Ramessés teve uma vitória tática, mas teve que admitir que o vale havia sido tomado pelos hititas.[5] O tratado de paz foi celebrado entre Ramessés II e Hatusil III, irmão de Muatal, chamado, em hitita, de Hatusil e, em egípcio, de Khetasar.[1]

Muatal também se envolveu com Troia: em 1 290 a.C., um aventureiro de nome Piamaradu tentou se tornar rei de Mira, uma cidade no vale do Rio Menandro, e teve o apoio do irmão do rei de Aiaua, chamado Tauagauala, reconstruído como *Etewokleweios, ou, como é mais conhecido em grego, Etéocles. Uma das cidades que apoiaram Piamaradu foi Milauanda, uma das cidades dos aiauas, a versão, em hitita, de aqueus. Quando o rebelde atacou Uilusa (Troia), o seu rei, Alaquesandu (Alaksandu; provavelmente o mesmo Alexandre da Ilíada) pediu socorro, e Muatal ordenou ao rei de Seha, cidade nos vales do Caico e Hermo, que defendesse Uilusa, porém este foi derrotado por Piamaradu. Os exércitos hititas então socorreram Uilusa, que se tornou um vassalo dos hititas, fato registrado em um tratado datado de 1 272 a.C., que sobrevive em pelo menos seis cópias, e no qual o deus troiano de nome Apaliunas (Apolo) é invocado como garantia.[6]

Referências

  1. a b Tratado de paz entre Ramessés II e Hatusil III [em linha]
  2. Jona Lendering, Ancient Kings (1300-1200) [em linha]
  3. Bryce, Trevor (1998). The Kingdom of the Hittites 1ª ed. New York: Oxford University Press. p. 241. ISBN 0-19-924010-8 
  4. cf. 'A mudança da sede real para Taruntassa' em Bryce, Trevor (2005). The Kingdom of the Hittites new edition ed. [S.l.]: Oxford University Press. p. 230. ISBN 978-0-19928132-9 
  5. Jona Lendering, Orontes [em linha]
  6. Jona Lendering, Troy / Wilusa / Illium, Troy VI: Wilusa [em linha]

Caixa de sucessão baseada em Jona Lendering

Precedido por
Mursil II
Lista de reis hititas
1295-1 272 a.C.
Sucedido por
Mursil III
Ícone de esboço Este artigo sobre História ou um(a) historiador(a) é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.