Nautile

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Nautile é um pequeno submersível tripulado[1], do Instituto Francês de Investigação para a Exploração do Mar "Ifremer". Pode chegar a uma profundidade 6000 metros. Desde o seu lançamento em 1984, já realizou cerca de 1.700 mergulhos[2].

O Nautile em 2003
O tamanho do Nautile (8 metros de comprimento) comparado ao de uma pessoa

Em 1987, foi usado para explorar o navio naufragado Titanic a 4000 metros de profundidade. Também foi enviado para o local do naufrágio do petroleiro Prestige[3][4]. Recentemente, em 2009, o Nautile, foi responsável pela procura de restos mortais do acidente aéreo do voo Air France 447, entre o Rio de Janeiro e Paris[5].

Em Portugal foi responsável pela descoberta do Campo Hidrotermal Saldanha, que se encontra a cerca de 3000 metros de profundidade.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Tiago Coelho. «Mini-Submarino Nautile - Operações de busca no Atlântico». Jornal de Notícias. Consultado em 28 de janeiro de 2013 
  2. Octavio Ortega (2011). «Submarino Nautile está de nuevo listo para explorar los océanos» (em espanhol). Kerchak. Consultado em 27 de janeiro de 2013 
  3. Lusa (2002). «Submarino "Nautile" vai tentar tapar fissuras do "Prestige"». Jornal Público. Consultado em 27 de janeiro de 2013 
  4. AFP (2003). «Condições meteorológicas permitem novo mergulho de submarino "Nautile"». Jornal Público. Consultado em 27 de janeiro de 2013 
  5. Daniela Fernandes (2009). «Submarino que encontrou Titanic será usado em busca de caixa-preta». BBC Brasil. Consultado em 27 de janeiro de 2013