Nicéforo Maleíno

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Nicéforo Maleíno
Nacionalidade Império Bizantino
Parentesco Eustácio (irmão ou pai)
Ocupação General
Religião Cristianismo

Nicéforo Maleíno (em grego medieval: Νικηφόρος ὁ῾ Μαλεῖνος/Μαλέϊνος; transl.: Nikephóros ò' Maleinos/Maléinos) foi oficial bizantino do século IX.[1]

Vida[editar | editar código-fonte]

Nicéforo é o primeiro membro conhecido da família Maleíno. Era filho ou irmão de Eustácio; alguns suspeitam que fosse tio ou pai do último. Oponente de Simbácio e Jorge, em 866 distribuiu documentos do exército contra ambos e capturou Simbácio em Celtzena, levando-os à Igreja de São Mamas diante do imperador Miguel III, o Ébrio (r. 842–867).[1] Alguns autores sugeriram que fosse pai de Leão Maleíno.[2][3]

Referências

  1. a b Lilie 2013.
  2. Holmes 2005, p. 334.
  3. Krsmanović 2003, Auxiliary Catalogs.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Holmes, Catherine (2005). Basil II and the Governance of Empire (976–1025). Oxônia: Oxford University Press. ISBN 978-0-19-927968-5 
  • Krsmanović, Bojana (2003). «Maleínos Family». Encyclopaedia of the Hellenic World, Asia Minor. Atenas: Foundation of the Hellenic World. Consultado em 6 de novembro de 2013 
  • Lilie, Ralph-Johannes; Ludwig, Claudia; Zielke, Beate et al. (2013). «#5332 Nikephoros». Prosopographie der mittelbyzantinischen Zeit Online. Berlim-Brandenburgische Akademie der Wissenschaften: Nach Vorarbeiten F. Winkelmanns erstellt