Nilopolitana Cavalcanti & Cia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde outubro de 2011). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Nilopolitana Cavalcante & Cia LTDA
Slogan Transportando com Qualidade
Tipo Privada
Fundação 1957
Sede Nilópolis-RJ, Brasil Brasil
Áreas servidas Nilópolis, Nova Iguaçu, São João de Meriti, Mesquita, Duque de Caxias e Rio de Janeiro.
Empregados 784
Produtos Transporte urbano de Passageiros

A Nilopolitana Cavalcanti & Cia é uma empresa de transporte rodoviário de passageiros situada no município de Nilópolis. Foi criada em 1957.[1][2][3]

História[editar | editar código-fonte]

O Começo[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Nilopolitana Cavalcanti & Cia

Foi em 1957, quando o controle acionário da então Empresa Nilopolitana de Transporte foi transferido para os empresários Luiz Rodrigues Cavalcante Filho, Abel Magalhães Castelo e Waldemir Antonio Pereira, que mudaram sua razão social para Cavalcante & Cia, mantendo Nilopolitana como nome fantasia. Mais tarde, a empresa passou a ser dirigida pelos irmãos Gilberto, Luiz Augusto e Antônio Cavalcante, filhos de Luiz Rodrigues. Foi nessa época que a Nilopolitana enfrentou o pior momento de sua história: a encampação feita pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro, que começou no final de 1985 e só terminou em 1988, quando o Governo devolveu a empresa aos sócios. Antes da encampação, a empresa possuía 120 ônibus. Quando da devolução aos empresários, apenas 7 estavam em condições de operação. Foram necessários quase dois anos para deixar a empresa em condições de operação novamente. Portanto, pode-se dizer também que tudo começou, ou recomeçou, em 1988.

No dia 14 de março, seus ônibus começaram a receber a pintura nas cores laranja, branco e cinza, padronizadas pela prefeitura, após a licitação que definiu quais empresas continuariam a operar linhas de transporte municipal.[4]

Passou a fazer parte do Consórcio Reserva do Vulcão (Área II) - juntamente com as empresas Vera Cruz, Expresso Nossa Senhora da Glória e Brazinha.[5]

Referências

  1. DIVAT - Cadastro de Empresa - Departamento de Transporte Rodoviario do Estado do Rio de Janeiro - DETRO/RJ (Pagina visitada em 03/10/2011)
  2. REVISTA ÔNIBUS. Série Histórica - Nilopolitana. Rio de Janeiro:Fetranspor, Ano VI, N° 31, pag 20-22, Abril/Maio 2005 (Pagina visita em 03/10/2011)
  3. Nilopolitana Cavalcanti e Cia. Pagina da Fetranspor. (Pagina visitada em 03/10/2011)
  4. O Dia (05/03/2016). «Nova Iguaçu tem mudanças na frota de ônibus». Arquivado desde o original em 13/07/2016. Consultado em 13/07/2016. 
  5. Notícias e Nova Iguaçu (09/03/2016). «Nova Iguaçu lança oficialmente o novo contrato de concessão do transporte coletivo por ônibus do Município em evento no SESI». Arquivado desde o original em 13/07/2016. Consultado em 13/07/2016. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]