Nossa Senhora do Livramento (Santa Rita)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Nossa Senhora do Livramento
  Distrito do Brasil  
Foz do Rio Paraíba.png
Localização
Estado  Paraíba
Município Santa Rita (Microrregião de João Pessoa)
Características geográficas
População total 2 554[1] hab.
Outras informações
Limites Norte: Forte Velho
Sul: rio Cabocó
Leste: foz do rio Paraíba
Oeste: Bebelândia
O manguezal é uma vegetação típica do distrito de Livramento

Nossa Senhora do Livramento (usualmente apenas Livramento) é um distrito rural do município de Santa Rita, no estado brasileiro da Paraíba. É composto pelos povoados de Livramento (sede), Ilha Tiriri, Ilha Stuart, Galé, Portinho e Utinga, os quais têm uma população total é de 2.554.[1]

Em 2005, as comunidades contavam juntas com três escolas, uma creche, seis igrejas, um posto de saúde do Programa de Saúde da Família, seis mercadinhos e seis orelhões públicos.[1]

História[editar | editar código-fonte]

Até o início da década de 1930, a região do distrito era essencialmente rural, visto que até 1933 o município de Santa Rita era administrativamente constituído apenas da sede.[2]

Já nas divisões territoriais datadas de 31 de dezembro de 1936 e 1937, o distrito aparece como uma das três subdivisões santa-ritenses, então formadas pela sede (Santa Rita), e pelos distritos de Livramento e Lucena.[2] Dois anos depois, pelo decreto-lei estadual nº 1.164, de 15 de novembro de 1938, o distrito de Livramento passa a denominar-se «Tabajara».[2] Entretantoo, cinco anos depois, pelo decreto-lei nº 520, de 31 de dezembro de 1943, o distrito de Tabajara passa por nova denominação: «Gargaú» (em virtude da engenho homônimo das proximidades).[2] Finalmente, pela lei estadual nº 169, de 5 de novembro de 1948, toda a área do então distrito volta a denominar-se definitivamente Nossa Senhora do Livramento, permanecendo até os dias atuais.[2]

Em 1969 o cineasta Ipojuca Pontes vai a Livramento para filmar o documentário Os homens do caranguejo, o qual denunciava as condições de vida daqueles que viviam do dito «ciclo do caranguejo».[3]

Geografia[editar | editar código-fonte]

O clima é tropica quente e úmido, com chuvas abundantes durante o inverno. O distrito produz cana-de-açúcar, coco, abacaxi, mandioca, frutas e pescado, produção escoada principalmente para Santa Rita e João Pessoa.

Referências

  1. a b c Coordenação do Plano Diretor de Santa Rita (2010). «Olhar sobre a Realidade Rural». Portal da prefeitura de Santa Rita. Consultado em 29 de maio de 2013 
  2. a b c d e Adm. do IBGE (2007). «Histórico do Município de Santa Rita – PB» (PDF). Catálogo virtual da biblioteca do IBGE. Consultado em 31 de maio de 2013 
  3. RAMOS, Fernão; MIRANDA, Luiz Felipe (2000). Enciclopédia do cinema brasileiro. [S.l.]: Senac. 582 páginas. ISBN : 9788573590937 Verifique |isbn= (ajuda) 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Bandeira de Santa Rita Bairros e distritos de Santa Rita

Paraíba, Nordeste, Brasil Bandeira da Paraíba Bandeira do Brasil

Zona Norte


Aguiarlândia | Distrito Industrial | Jardim Miritânia | Liberdade | Santa Cruz | Teixeirão | Tibiri Fábrica | Vila Tibiri |

Zona Sul


Bairro dos Municípios | Boa Vista | Heitel Santiago | Jardim Carolina | Jardim Europa(I, II e III) | Loteamento Plano de Vida | Marcos Moura | Nova Esperança | Sol Nascente | Tibiri(I, II e III)

Zona Leste


Alto dos Eucaliptos | Augustolândia | Castanheiro | Flaviano Ribeiro | Mutirão

Zona Oeste


Açude | Alto das Populares | Bairro do Onze | Centro | Loteamento Nice | Paraíso Tropical | Paulo VI

Distritos


Bebelândia | Cicerolândia | Odilândia | Lerolândia | Livramento | Forte Velho | Várzea Nova

Ícone de esboço Este artigo sobre um distrito ou povoado é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.