O Discurso sobre o Oitavo e o Nono

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Discurso sobre o Oitavo e o Nono (NHC VI, 6) ou Discurso sobre a Ogdóade e a Enéade[1] é um dos três textos herméticos existentes na Biblioteca de Nag Hammadi escrito por volta de 200 a 100 d.C.[2]

Conteúdo[editar | editar código-fonte]

Existente apenas em língua copta, foi escrito originalmente em grego e é relacionado a outros textos em que o deus revela a gnosis a seus iniciados tal como pode ter sido usado pelo conventículo hermético.[3] O texto é escrito em formato de diálogo entre Hermes Trimegisto e um discípulo[4][5][6] O texto é basicamente sobre a ascensão a reinos exaltados de iluminação espiritual.[7] Na morte, a alma deveria viajar por sete esferas e depois de chegar com sucesso alcançaria o oitavo e nono nível, onde a alma poderia experimentar a felicidade ou êxtase verdadeiro. O tratado possivelmente assume outra esfera mais alta, a décima esfera, onde deus habita, embora isso não é esclarecido.[4]

Hermes Trimegisto instrui um iniciado sobre o conhecimento secreto e o guia para uma experiência extático para o oitavo e o nono, o iniciado com o mistagogo apresente uma prece e um hino silencioso de elogio ao divino: ele recebeu a luz divina, a vida e o amor. O tratado encerra com um conjunto de instruções para a preservação do livro, incluindo juramentos para o uso cautelar das palavras de Hermes.[4]

O tratado não possui um título de modo que o título foi atribuído com base em seu conteúdo. O "oitavo" e o "nono" se refere às esferas celestes acima do cosmos planetário onde o iniciado se aproxima do domínio divino, presumidamente no décimo nível.[3]

Referências

  1. Jay Kinney. Esoterismo e Magia no Mundo Ocidental. Editora Pensamento. p. 124. ISBN 978-85-315-1452-4.
  2. James Buchanan Wallace (2011). Snatched into Paradise (2 Cor 12:1-10): Paul's Heavenly Journey in the Context of Early Christian Experience. Walter de Gruyter. p. 85. ISBN 978-3-11-024785-5.
  3. a b Gawdat Gabra (2009). The A to Z of the Coptic Church. Scarecrow Press. p. 94. ISBN 978-0-8108-7057-4.
  4. a b c Marvin W. Meyer; James MacConkey Robinson (1977). The Nag Hammadi Library in English. Brill Archive. p. 292. ISBN 90-04-05434-0.
  5. April DeConick; Gregory Shaw; John D. Turner (2013). Practicing Gnosis: Ritual, Magic, Theurgy and Liturgy in Nag Hammadi, Manichaean and Other Ancient Literature. BRILL. p. 209. ISBN 978-90-04-24852-6.
  6. "Em ( CH XIII) e no O Discurso sobre o Oitavo e o Nono Hermes é o mistagogo que revela os mistérios divinos.", R. van den Broek; Wouter J. Hanegraaff (1998). Gnosis and Hermeticism from Antiquity to Modern Times. SUNY Press. p. 6. ISBN 978-0-7914-3611-0.
  7. Marvin Meyer. Mistérios Gnósticos. Editora Pensamento. p. 184. ISBN 978-85-315-1508-8.