O Fauno de Mármore

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde junho de 2015). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
The Marble Faun
O fauno de mármore (BR)
Autor (es) Nathaniel Hawthorne
Idioma Inglês
País  Estados Unidos
Género Literatura gótica
Editora Ticknor and Fields
Lançamento 1860
Edição portuguesa
Edição brasileira
Tradução Constantino Paleólogo
Editora Tecnoprint
Lançamento 1988?
Páginas 288

O Fauno de Mármore (no original, The Marble Faun) foi o último dos quatro grandes romances por Nathaniel Hawthorne, publicado em 1860.

Depois de publicar The Blithedale Romance em 1852, Hawthorne, aproximando-se dos cinqüenta anos, afastou-se das publicações e obteve uma nomeação política como cônsul norte-americano em Liverpool, na Inglaterra, cargo que ocupou de 1853 a 1857. Em 1858, Hawthorne e sua esposa Sophia Peabody mudaram-se para Itália por um ano e meio.


O Fauno de Mármore é a mais insólito romance de Hawthorne e, possivelmente, uma das mais estranhas grandes obras de ficção norte-americana. Escrito na véspera da Guerra Civil Americana, Hawthorne definiu sua história em uma sensacional Itália. O romance mistura elementos de um conto, pastoral, romance gótico e guia de viagens. O clímax vem antes do meio da história, e Hawthorne intencionalmente não consegue dar resposta a muitas das perguntas dos leitores sobre os personagens e da trama. Reclamações sobre isto levaram Hawthorne a adicionar um burlesco postscriptum na segunda edição, onde ele continuou a falhar - propositadamente - a responder a maioria destas perguntas.

Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.