Obres e trobes en lahors de la Verge Maria

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Obres e trobes en lahors de la Verge María é um livro de singular importância por ser a primeira obra literária impressa em Espanha.[1][2] Saiu das prensas de Lambert Palmart em 25 de março de 1474 na cidade de Valência escrita em língua valenciana. Conserva-se na biblioteca da Universidade de Valência

Esta obra foi impressa para que o vice-rei Lluís Despuig, para honrar a Virgem, convocasse em 11 de fevereiro de 1474 um certame poético cujo tema obrigatório era o louvor à Virgem Maria.

O encarregado de organizar o certame foi o poeta Bernat Fenollar, pessoa relacionada com todos os círculos literários que havia na cidade.

Os poemas deveriam constar de cinco estrofes, com dedicatória e estribilho. Mas os trovadores (ainda não se chamava poetas aos que não escreviam em latim) tinham liberdade quanto ao estilo e língua.

Referências

  1. «Les trobes en lahors de la Verge María». Biblioteca virtual Miguel de Cervantes. Consultado em 1 de maio de 2020 
  2. Gil Fernández, Luis (2003). Formas y tendencias del humanismo valenciano quinientista. [S.l.]: CSIC. 25 páginas. ISBN 9788484831495. Consultado em 1 de maio de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]