Oração (gramática)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Oração é todo conjunto linguístico que se estrutura em torno de um verbo ou locução verbal, apresentando opcionalmente o sujeito, mas obrigatoriamente o predicado.[1] O que caracteriza a oração é o verbo, não importando se tal oração tenha sentido ou não sozinha. Existem os seguintes tipos de oração:

  • Oração absoluta: ocorre quando há somente um período simples.[2]
    Exemplo: "O menino sujou sua camisa."
  • Oração coordenada: ocorre em um período composto cujas orações não estabelecem relação de dependência, ou seja, elas podem ser separadas sem perder o sentido.[2]
    Exemplo: "Ele não concordou com a menina e a deixou."
  • Oração subordinada: ocorre em um período composto cujas orações estabelecem relação de dependência.[2]
    Exemplo: "Querendo ou não, ele aceitou as escolhas da esposa para que o casamento continuasse." Uma oração pode ter um periodo simples ou composto, depende de quantos verbos tiver na oração.

Referências

  1. Mesquita 2014, p. 483
  2. a b c Mesquita 2014, p. 544

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Mesquita, Roberto Melo (2014). Gramática da língua portuguesa. São Paulo: Saraiva. 752 páginas. ISBN 978-85-02-22083-6