Organização Mundial de Boxe

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
WBO / OMB
Razão social World Boxing Organization / Organização Mundial de Boxe
Organização sancionadora de boxe
Fundação 1988
Sede Porto Rico San Juan, Porto Rico
Presidente Francisco Varcarcel
Significado da sigla World      Organização
Boxing      Mundial
Organization    Boxe
Website oficial www.wboboxing.com

A Organização Mundial de Boxe (OMB), em inglês World Boxing Organization (WBO), é uma das principais federações de boxe profissional, juntamente com a AMB, CMB e FIB.

História[editar | editar código-fonte]

A OMB começou depois que um grupo de empresários porto-riquenhos ​​e dominicanos saíram da convenção anual de 1988 da AMB na Ilha de Margarita, na Venezuela, sobre disputas sobre quais regras devem ser aplicadas.

O primeiro presidente da OMB foi Ramón Piña Acevedo, da República Dominicana.[1] Logo após o seu início, a OMB estava organizando campeonatos mundiais em todo o mundo. Sua primeira luta pelo campeonato foi pelo título vago super-médio, entre Thomas Hearns e James Kinchen; Hearns ganhou por decisão. A fim de ganhar a respeitabilidade, a OMB elegeu o ex-campeão mundial dos meio-pesados ​​José Torres de Ponce (Porto Rico), como seu presidente. Torres saiu em 1996, dando lugar ao advogado porto-riquenho Francisco Valcarcel como presidente. Valcarcel mantém esse cargo desde então.[2]

Enquanto a FIB reconheceu Larry Holmes como seu primeiro campeão peso-pesado (como fizeram com vários campeões estabelecidos nas divisões de menor peso), a OMB sancionou o combate entre dois relativamente lutadores desconhecidos, o italiano Francesco Damiani (medalhista de prata na categoria dos superpesados nos Jogos Olímpicos de 1984) e o sul-africano Johnny DuPlooy, para determinar o titular inaugural de seu próprio título de peso-pesado em 1989. Damiani venceu a luta, tornando-se o primeiro campeão dos pesos pesados ​da OMB.[3] Enquanto que as outras entidades de boxe reconheceram o então invicto Mike Tyson como o campeão indiscutível dos pesos-pesados.

Atuais campeões da OMB[editar | editar código-fonte]

Última atualização: 16 de fevereiro de 2020

Peso Campeão Desde
Peso-mínimo Porto Rico Wilfredo Mendez 24 de agosto de 2019
Mosca-ligeiro México Elwin Soto 21 de junho de 2019
Peso-mosca vacante
Supermosca Japão Kazuto Ioka 19 de junho de 2019
Peso-galo Filipinas John Riel Casimero 30 de novembro de 2019
Supergalo México Emanuel Navarrete 8 de dezembro de 2018
Peso-pena Estados Unidos Shakur Stevenson 26 de outubro de 2019
Superpena Estados Unidos Jamel Herring 25 de maio de 2019
Peso-leve Ucrânia Vasyl Lomachenko 8 de dezembro de 2018
Superleve Estados Unidos José Carlos Ramírez 27 de julho de 2019
Meio-médio Estados Unidos Terence Crawford 9 de junho de 2018
Médio-ligeiro Brasil Patrick Teixeira 30 de novembro de 2019
Peso-médio Estados Unidos Demetrius Andrade 20 outubro de 2018
Supermédio Reino Unido Billy Joe Saunders 18 de maio de 2019
Meio-pesado vacante
Cruzador vacante
Peso-pesado Reino Unido Anthony Joshua 7 de dezembro de 2019

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Don Omar Y Don Paco, Dos Grandes En San Juan» (em espanhol). wboboxing.com. 24 de abril de 2012. Consultado em 18 de julho de 2018 
  2. «Paco Valcárcel Relecto Presidente De La OMB En Puerto Rico» (em espanhol). wboboxing.com. 19 de outubro de 2016. Consultado em 18 de julho de 2018 
  3. Marco de Silvio (4 de outubro de 2017). «Francesco Damiani: l'uomo che sconfisse Teofilo Stevenson» (em italiano). azzurridigloria.com. Consultado em 18 de julho de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre boxe ou boxeador é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.