Oswaldo França Júnior

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Oswaldo França Júnior
Nascimento 21 de julho de 1936
Serro
Morte 10 de junho de 1989 (52 anos)
João Monlevade
Nacionalidade Brasil Brasileiro
Ocupação Escritor
Principais trabalhos O Homem de Macacão (1972)

Oswaldo França Júnior (Serro, 21 de julho de 1936João Monlevade, 10 de junho de 1989) foi um escritor brasileiro.

Ingressou na Aeronáutica aos dezessete anos e teve sua carreira bruscamente interrompida pelo golpe militar de 1964. De novo na vida civil, começou a dedicar-se à literatura, como meio de sobrevivência. Ganhou o Prêmio Walmap, em 1967, o mais importante da literatura brasileira da época.

Publicou romances regularmente: O Viúvo, seu primeiro livro, seguido de Jorge, um Brasileiro (levado ao cinema e à televisão), O Homem de Macacão, Os Dois Irmãos, O Passo-Bandeira, As Laranjas Iguais (contos) e Recordações de Amar em Cuba, entre outros. Sua obra foi traduzida para a Alemanha, Estados Unidos, União Soviética, França e Checoslováquia.

Entusiasta das coisas serranas, em 1984 brindou a cidade com uma importante proposta de Levantamento e Conservação da Memória Cultural do Serro, distribuída aos órgãos competentes. França Jr. morreu prematuramente, num período de franca produção literária, vítima de um acidente na estrada Belo Horizonte-João Monlevade.

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Jorge, um brasileiro (1967)
  • O Homem de Macacão (1972)
  • Os dois irmãos: romance (1976)
  • O Passo-Bandeira (1984)
  • Aqui e em outros lugares: romance (1984)
  • Recordações de Amar em Cuba (1986)
  • No fundo das águas (1987)