Oxfam

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Manifestação da Oxfam em Rostock, caricaturando os chefes de governo participantes do G8.Junho de 2007.

A Oxfam International é uma confederação de 13 organizações e mais de 3000 parceiros, que atua em mais de 100 países na busca de soluções para o problema da pobreza e da injustiça, através de campanhas, programas de desenvolvimento e ações emergenciais.[1]

Sob o nome de Oxford Committee for Famine Relief (Comitê de Oxford de Combate à Fome), foi fundada em Oxford, Inglaterra, em 1942, por um grupo liderado pelo cônego Theodore Richard Milford (1896-1987) e constituído por intelectuais quakers, ativistas sociais e acadêmicos de Oxford.[2] Seu objetivo inicial foi o de convencer o governo britânico a permitir a remessa de alimentos às populações famintas da Grécia, então ocupada pelos nazistas e submetida ao bloqueio naval dos aliados.

Sua primeira filial internacional foi fundada no Canadá, em 1963. A organização mudou seu nome para o seu endereço telegráfico, OXFAM, em 1965.[3]

Além do combate à fome, atualmente a Oxfam atua nas seguintes frentes:

A 13 organizações confederadas estão sediadas na Austrália, Bélgica, Canadá, França, Alemanha, Grã-Bretanha, Hong Kong, Irlanda, Países Baixos, Nova Zelândia, Quebec, Espanha e Estados Unidos.

Caixa de coleta da Oxfam, para roupas reutilizáveis.Bruxelas, Bélgica.

A Oxfam da Grã-Bretanha ainda se mantém sediada em Oxford.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]