Parlamento Pan-africano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Parlamento Panafricano [1] [2] é o órgão legislativo da União Africana e foi inaugurado em Março de 2004 [1] em Adis Abeba, Etiópia.

Durante os primeiros cinco anos da sua existência, este parlamento terá apenas as funções de verificar o funcionamento dos outros parlamentos do continente, aconselhá-los e responder a questões que lhe sejam formuladas. Depois deste período o Parlamento Panafricano passará a ter poderes legislativos, como qualquer outro.

Os seus 265 parlamentares são eleitos pelas legislaturas dos 53 estados-membros. A sede do Parlamento Panafricano é em Midrand, África do Sul.

Referências

  1. a b «Parlamento Pan-Africano a passo de caracol». Voz da América. 06/10/2015. Arquivado desde o original em 29/06/2016. Consultado em 29 de junho de 2016. 
  2. «Parlamento discute Programa do Governo da IXª Legislatura:Entre recuo no cumprimento das promessas e mudanças para dinamizar a economia». A Semana / SAPO. 23/05/2016. Arquivado desde o original em 29/06/2016. Consultado em 29 de junho de 2016. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre política ou um cientista político é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.