Paterno (cônsul em 269)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outras acepções, veja Paterno.
Paterno
Nacionalidade
Vexilloid of the Roman Empire.svg
Império Romano
Ocupação Oficial

Paterno (em latim: Paternus) foi um oficial romano do século III, ativo durante o reinado do imperador Cláudio II (r. 268–270). Nada se sabe sobre ele, exceto que exerceu, em 269, a função de cônsul posterior ao lado do imperador. No mesmo ano um par consular concorrente (Vitorino e Santo) havia sido nomeado na Gália, mas parece que somente foi reconhecido ali.[1] Paterno possivelmente pode ser associado a Ovínio Paterno ou a um homônimo descrito numa inscrição fragmentada como cônsul ordinário, homem dos epulões, curador da via Ápia, procônsul da Ásia ou África e prefeito urbano.[2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Cônsul do Império Romano
Vexilloid of the Roman Empire.svg
Precedido por:
Paterno
com Públio Licínio Egnácio Mariniano
Póstumo V (Gália)







Paterno
269

com Cláudio
Vitorino II (Gália)
Santo (Gália)







Sucedido por:
Flávio Antioquiano II
com Vírio Órfito
Vitorino III (Gália)








Referências

  1. Martindale 1971, p. 671; 801.
  2. Martindale 1971, p. 672.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Martindale, J. R.; A. H. M. Jones (1971). The Prosopography of the Later Roman Empire, Vol. I AD 260-395. Cambridge: Cambridge University Press