Pato-selvagem

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura pela peça de Ibsen, veja O Pato Selvagem.
Como ler uma caixa taxonómicaPato-selvagem
Pato-selvagem macho no Horto Florestal de São Paulo, no Brasil

Pato-selvagem macho no Horto Florestal de São Paulo, no Brasil
Estado de conservação
Quase ameaçada
Quase ameaçada
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Anseriformes
Família: Anatidae
Subfamília: Anatinae
Género: Cairina
Espécie: C. moschata
Nome binomial
Cairina moschata
Linnaeus, 1758
Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Pato-selvagem
Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Pato-selvagem

Cairina moschata (L.), conhecido popularmente como pato-do-mato, pato-crioulo, pato-bravo, cairina, pato-argentino,[1] pato-selvagem, pato-mudo e, em algumas regiões, pato-preto, é um anseriforme originário da região neotropical, comum na maior parte do Brasil. Maior que o pato-doméstico, possui o dorso preto e uma faixa branca na parte de baixo das asas, porém, em seu processo de domesticação, uma ampla variedade de colorações de plumagem foi produzida.

Comportamento[editar | editar código-fonte]

Os patos-selvagens comem raízes, sementes e folhas de plantas aquáticas, apanhadas flutuando ou através de filtragem da lama do fundo. Nadam com a cabeça e pescoço afundados, enquanto buscam alimentação. Também apanham pequenos invertebrados nessas filtragens.[2]

Domesticação[editar | editar código-fonte]

De larga distribuição pelo planeta, é o ancestral das subespécies domésticas. No Brasil, há referências seguras de que o pato-selvagem era domesticado pelos indígenas, mesmo antes da chegada dos europeus à América.[3][4][5]. Em alguns lugares, como na região amazônica, é amplamente domesticado e é conhecido apenas como "pato", por ser a espécie mais conhecida. Sua domesticação é fácil desde que sejam nascidos e criados em cativeiro. As fêmeas costumam pôr 12 ovos a cada ninhada. Esta espécie de pato é utilizada no preparo do tradicional "pato no tucupi", prato típico da Região Norte do Brasil.

Referências

  1. FERREIRA, A. B. H. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. Segunda edição. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986. p.1 282
  2. [1]
  3. Revista Brasileira de Ciências Sociais (PDF)
  4. [2]
  5. Horizontes Antropológicos

Lista Vermelha da IUCN (em inglês)Cairina moschata Acedido em 22 de Março de 2007.

Ícone de esboço Este artigo sobre Aves, integrado no Projeto Aves é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.