Patricia Jordane

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Patricia Jordane Alves Rodrigues, mais conhecida como Patricia Jordane, (Belo Horizonte, 31 de janeiro de 1993) é uma modelo brasileira.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Natural da cidade mineira de Belo Horizonte, Patricia Jordane ganhou destaque na mídia de celebridades ao ser capa da revista masculina Playboy em junho de 2014.[1] Em entrevista para a publicação, Patricia envolveu-se em uma polêmica com o jogador de futebol brasileiro Neymar. Ele afirmou para a revista de que em 2013 teve um affair com o esportista, que negou a declaração e exigiu na justiça que a Playboy da modelo fosse tirada de circulação por envolver seu nome.[2] A revista revogou da decisão judicial e retomou as vendas, ultrapassando as metas de venda de edição.[3]

Em sua terra natal, Patricia Jordane iniciou sua carreira posando em ensaios fotográficos para diversas campanhas publicitárias, como na Feira de Malhas, Couros e Variedades (Fenacouro). No ano de 2012, decidiu mudar-se para o Rio de Janeiro a fim de estudar teatro na Oficina de Formação Teatral Casa das Artes Laranjeiras (CAL). Em maio de 2014, participou de um ensaio sensual para o site Paparazzo.[4] No mesmo ano, foi eleita Musa da Copa e foi considerada a brasileira com mais capas e ensaios da revista Playboy no mundo. Seu ensaio nu foi publicado no Brasil, Argentina, México, Polônia, Sérvia e Venezuela.[5] Patricia Jordane também foi playmate na África do Sul e participou do videoclipe "No meio da mulherada", da dupla Marques & Garcia.[6] Atualmente, a Patricia Jordane estuda odontologia.

Referências